quinta-feira, 15 de setembro de 2011

SEQUÊNCIA DIDÁTICA: EXPLORANDO AS FORMAS GEOMÉTRICAS

PREFEITURA MUICIPAL DE CURITIBA
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
NÚCLEO REGIONAL DE EDUCAÇÃO – BOQUEIRÃO
CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL PANTANAL

SEQUÊNCIA DIDÁTICA: EXPLORANDO AS FORMAS GEOMÉTRICAS

ÁREA DE FORMAÇÃO HUMANA: PENSAMENTO LÓGICO MATEMÁTICO

CONTEÚDO: FIGURAS GEOMÉTRICAS

TURMA: MATERNAL III A e MATERNAL III  B

PROFESSOR (A): SUELY CHALEGRE BARBOSA


EDUCADOR (A): IVONE ALVES MARCOLINO

JUSTIFICATIVA:
 Diante da necessidade de ampliar  o vocabulário das crianças e de se estabelecer relações de semelhança e diferença entre as formas dos objetos , construindo aos poucos noções de classificação, comparação e seriação, foi elaborada esta sequência didática.


OBJETIVOS:
  • Reconhecer e nomear figuras geométricas.

  • Perceber e ampliar suas respectivas  habilidades espaciais tais como a coordenação motora-visual, memória visual, percepção espacial.
  • Explorar e identificar propriedades de objetos e figuras, como formas, tipos de contornos, bidimensionalidade, tridimensionalidade, faces planas, lados retos. entre outros, contextualizando com suas vivências.

ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS: as atividades serão desenvolvidas durante o primeiro semestre de 2011, respeitando o rítmo da turma e de cada criança tendo em vista a diferença de idade e maturidade de cada educando.

TEMPO ESTIMADO: 1º SEMESTRE 2011

MATERIAIS: carvão, lixa, papel sulfite , barbante,canetinhas, giz de cera, lápis de cor, caderno, revistas, tesoura, cola, tinta guache,pincéis, caixa de papelão , papéis coloridos, formas geométricas de plastico de encaixe, formas geométricas de madeiras, blocos lógicos, fitas adesivas coloridas, quadro giz

RECURSOS: quadro negro/giz, livro ( Um bebê em forma de gente – Ziraldo), sala de aula e demais espaços externos do CMEI, computador (kidsmart )
                      

DESENVOLVIMENTO/ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO:

1ª ETAPA: EXPLORANDO O CÍRCULO:

·         Apresentar um círculo para as crianças e perguntar o que estão vendo, fazer anotações conforme forem falando. Se for colocado o termo circulo destacar, caso não tenha sido colocado pelos alunos cabe ao professor fazer a colocação e incentivar a utização do termo correto.
·         Solicitar para observarem os objetos da sala de aula e levantar quais os objetos tem a forma igual ou semelhante a apresentada. Solicitar para as crianças fazerem o contorno dos objetos desenhando com giz no quadro e depois em folha sulfite com giz de cera, após a conclusão fazer as comparações  para verificar as semelhanças.
·         No quadro de giz solicitar para que cada criança faça o desenho de um círculo a mão livre.
·         Desenhar vários círculos no chão e brincar de dentro e fora. ( Ao falar dentro a criança entra no círculo desenhado, ao falar fora deverá sair do círculo, quem for errando sai da brincadeira).
·         Pintar com tinta guache um círculo.
·         Fazer colagens sobre um desenho de um círculo usando materiais diversificados (raspas de lápis, retalhos de EVA, pedacinhos de canudinhos, papel colorido).
·         Com vários círculos coloridos fazer colagens para construir uma centopéia.


2ª ETAPA: EXPLORANDO O QUADRADO:

·         Apresentar o desenho de um quadrado para as crianças e perguntar o que estão vendo, fazer anotações conforme forem falando. Se for colocado o termo quadrado destacar, caso não tenha sido colocado pelos alunos cabe ao professor fazer a colocação e incentivar a utização do termo correto.
·         Solicitar para observarem os objetos da sala de aula e levantar quais os objetos têm a forma igual ou semelhante a apresentada. Fazer o contorno dos objetos citados para verificar a semelhança. O contorno será realizado em papel cartaz com canetinhas.
·         No quadro de giz solicitar para que cada criança faça o contorno de um quadrado.
·         Com fitas adesivas coloridas confeccionar quadrados no chão (vermelho, azul e amarelo), solicitar que cada criança ande sobre o desenho do quadrado conforme a cor indicada. EX: Ande sobre o quadrado azul. Depois que todos tiverem participado distribuir peças de blocos lógicos para as crianças e solicitar para que coloquem dentro do quadrado construído no chão conforme a cor da peça que pegou.

·         Recortar folhas de revistas em forma de pequenos quadrados e colar sobre a figura de um quadrado em papel sulfite.
·         Brincadeira – cada um em seu quadrado: cada criança recebe uma folha de jornal recortada em foma de quadrado, e deverão ficar em cima do quadrado sempre que a música parar. Pode fazer como a dança das cadeiras ir tirado um quadrado, vence quem ficar por último no quadrado.



3ª ETAPA: EXPLORANDO O TRIÂNGULO:

·         Apresentar o desenho de um triângulo para as crianças e perguntar o que estão vendo, fazer anotações conforme forem falando. Se for colocado o termo triângulo destacar, caso não tenha sido colocado pelos alunos cabe ao professor fazer a colocação e incentivar a utização do termo correto.
·         Solicitar para observarem os objetos a sala de aula e levantar quais os objetos têm a forma igual ou semelhante a apresentada. Fazer o contorno dos objetos citados para verificar a semelhança.
·         Fazer dobradura do chapéu em papel sulfite, cada criança irá ilustrar seu chapéu. Depois, ensinar e cantar a música:



O meu chapéu tem três pontas
Tem três pontas o meu chapéu
Se não tivesse três pontas
Não seria o meu chapéu


  • Fazer colagens sobre o desenho de um triângulo usando materiais diversificados (lantejoulas, retalhos de papéis coloridos, retalhos de EVA).



4ª ETAPA: EXPLORANDO O RETÂNGULO:


·         Apresentar o desenho de um retângulo para as crianças e perguntar o que estão vendo, fazer antações conforme forem falando. Se for colocado o termo retângulo destacar, caso não tenha sido colocado pelos alunos cabe ao professor fazer a colocação e incentivar a utização do termo correto.
·         Solicitar para observarem os objetos a sala de aula e levantar quais os objetos que têm a forma igual ou semelhante a apresentada. Fazer o contorno dos objetos citados para verificar a semelhança, tilizando o quadro de giz.
·         No quadro de giz solicitar para que cada criança faça o desenho de um retângulo.
·         Brincar de escravos de Jó utilizando retângulos de blocos lógicos e cubos de jogos de encaixe.
·         Fazer dobradura de casinha partindo de uma folha de sulfite (retângulo). Após fazer a dobradura, cada criança irá ilustrá-la utilizando lápis de cor, canetinhas e giz de cera.



  • Fazer uma pintura utilizando tinta guache e pincel, sobre papel cartaz em formato de retângulo.








    6ª ETAPA: CONSTRUINDO UM LIVRO COM AS FIGURAS GEOMÉTRICAS.

    • Fazer roda de conversa sobre Ziraldo trazendo alguns dados de sua biografia e apresentando algumas de suas obras.
    • Apresentar o livro: Um bebê em forma de Gente, do Ziraldo, fazer a leitura e depois deixar o livro para as crianças manuseá-lo.
    •  Após a leitura propor a construção individual de um livrinho das figuras geométricas. Serão dadas as folhas com as frases prontas para cada aluno fazer as ilustrações conforme o livro.
    • Após a confecção dos livros será feita uma exposição no CMEI das produções realizadas.

    7ª ETAPA: EXPLORANDO AS FIGURAS GEOMÉTRICAS NO COMPUTADOR _ SOFTWARE KIDSMART.

    • Conversa dirigida: Visualização, no computador, de figuras de formas geométricas, levantamento de hipóteses: onde podemos encontrá-las? (registro das frases, e imagens);
    • As crianças, em grupos de 2 jogarão no computador “Casa dos Ratos” (software kidsmart – Casa da Matemática da Millie). Montar a casinha do ratinho conforme modelo apresentado no jogo.
    • Propor que cada criança crie uma casa temporária para o ratinho com as formas geométricas em papel sulfite e registro das imagens.
    • Texto coletivo (digitado pelo educador): onde encontramos o quadrado, o retângulo, o semicírculo e o triângulo.





    Referência Bibliografica:

    DIRETRIZES PARA A EDUCAÇÃO MUNICIPAL DE CURITIBA: Educação Infantil Objetivos de Aprendizagem: uma discussão permanente- 2008.

    ZIRALDO, Um bebê em forma de gente. – São Paulo: Melhoramentos,2006. Coleção bebê maluquinho.




    3 comentários:

    1. A capacidade de discriminar cores, texturas e formas é a base para que as estruturas lógicas se construam, e as primeiras diferenciações para a criança são globais, ou seja, ela atém-se aos grandes contrastes entre os objetos e, a partir de relações que estabelece entre eles, começa a perceber diferenças e semelhanças.Essas relações que são construídas internamente pela criança a partir de vivências vão sendo ampliadas aos poucos. Diante da necessidade de ampliar o vocabulário dos alunos e de se estabelecer relações de semelhança e diferença entre as formas dos objetos , construindo aos poucos noções de classificação, comparação e seriação, foi elaborada esta sequência didática que foi desenvolvida com a turma do maternal IIIB. Os objetivos principais traçados para o trabalho são: Reconhecer e nomear figuras geométricas. Perceber e ampliar suas respectivas habilidades espaciais tais como a coordenação motora-visual, memória visual, discriminação visual, percepção espacial. Explorar e identificar propriedades de objetos e figuras, como formas, tipos de contornos, bidimensionalidade, tridimensionalidade, faces planas, lados retos entre outros, contextualizando com suas vivências. As atividades propostas envolvem desenho, colagem, pintura, música, leitura, confecção de um livro por parte das crianças, e jogos (Kidsmart). Os resultados deste trabalho tem sido o grande envolvimento de todos, percebe-se a utilização de termos formais no dia a dia, como comentário na hora da refeição este pão tem o forma de um retângulo. A confecção do livro foi bastante prazerosa e envolvente, ampliando a possibilidade de aprendizagem para todos.

      ResponderExcluir
    2. Ivone Alves Marcolino15 de setembro de 2011 17:34

      Foi um trabalho,bem legal e gratificante.Porém nossa turma nesse periodo era uma turma mista de mII e mIII.Por isso resultado não foi o mesmo,porque as crianças menores ainda tem dificuldades no dominio do mouse.O trabalho com o kidsmart, foi no começo muito prazeroso,pois despertou uma grande curiosidade nas crianças todos queriam usar ao mesmo tempo.

      ResponderExcluir